Fala galera!!!

Voltamos com mais um episódio do nosso podcast. Dessa vez o tema do programa foi: álbuns considerados ruins, fracos pela imprensa, fãs ou até pelos próprios músicos. Mas que nós consideramos bons, excelentes ou até espetaculares!!!

Seriam estes álbuns injustiçados ou eles são realmente grandes porcarias?

Entre nessa discussão também, exponha suas idéias e indicando álbuns que vocês também acham que são injustiçados.

Comentados no Podcast:
Batendo Cabeça Especial: Iron Maiden
Feed do Podcast
Twitter: @batendocabeca
Email: contato@batendocabeca.com.br

Lista de Músicas tocadas nesse episódio:

1 – Deep Purple – Sometimes I Feel Like Screamin – Purplendicular – SiteMySpace

2 – Dream Theater – Peruvian Skies – Falling Into Infinity – SiteMyspace

3 – Hypocrisy – Seeds Of The Chosen One – Catch 22 – SiteMyspace

4 – Dissection – Dark Mother Divine – Reinkaos – SiteMyspace

5 – Iron Maiden – Lord Of The Flies – The X Factor – SiteMySpace

6 – Bruce Dickinson – Inside The Machine – Skunkworks – SiteMySpace

7 – Kreator – Golden Age – Endorama – SiteMySpace

8 – In Flames – The Quiet Place – Soundtrack To Your Scape – SiteMySpace

facebook:

  1. joâo disse,

    Fala galera do batendo cabeça muito bom o episodio foi muito engraçado e tambem muito informativo.
    pra mim vocês e a galera do wikimetal sâo os melhores podcasts de metal da web.
    Agora sobre o episodio eu tambem gosto muito do falling into infinity do dream theater principalmente das músicas you not me e lines in the sand realmente é um disco bastante injustiçado assim com o the x factor do iron mainden.
    Entâo é isso ai a unica critica que eu tenho para fazer é a demora para lançarem episodios novos eu sei que da muito trabalho mais seria foda se o podcast fosse semanal.
    No aguardo para o proximo episodio.valeu !!!

  2. helisandro disse,

    Fala João, valeu pelo comentário!

    Cara vamos tentar manter os episódios mais frequentes, pelo menos uma vez ao mês.

    Valeu pela força cara.

  3. Prude Fabricio disse,

    Abaxando para conferir na madruga enquanto trampo. Vamos ver se os loko do Wikimetal são bons de dica de podcasts. Gostei da lista de sons ali, mas como é o primeiro que vou ouvir não sei bem o que esperar.

  4. Prude Fabricio disse,

    Curti esse som do Kreator, me lembrou um pouco Megadeath.

    Hipocrisy é massa o instrumental mas esse vocal nõ me agrada.

    Cara, to no aguardo do especial Slayer, só falta algum dos 4 mongo detonar a banda, ai para o mundo que eu quero descer.

    Cara, o especial dos melhores de 2011 aquele começo foi hilário.

  5. Sávio Pimenta disse,

    Olá amigos, Conheci o podcast de vocês ontem e foi uma grata surpresa! Um papo muito agradável, sem ficar querendo pagar de “Sabe tudo” e com opniões muito honestas! Me senti sentado numa mesa de bar com vocês! rssss…
    Ouvi o especial injustiçados e foi muito informativo. Gostaria de tecer dois comentários:
    Em relação ao Soundtrack to your Escape. Tudo que foi falado em relação a revolução do som, a polêmica dos fãs, a proximidade com o som alternativo… Tudo isso aconteceu na verdade no Reroute to Remains e não no Soundtrack. Na verdade, com o Soundtrack, veio mais um passo com esses flertes, causando a tal comoção mais negativa com os fãs. Mas a revoluçao foi no Reroute mesmo. Sei bem disso pois acompanhei muito de perto e considero o Reroute um album marcante e revolucionário no meu gosto musical pois, a partir dele, passei a olhar e ouvir com bons olhos o jeito moderno e conteporâneo de fazer Metal.
    Dava pra fazer mais uns 15 Podcasts só de albuns injustiçados, mas um que veio em minha mente de primeira assim seria o “The Dark Ride” do Helloween. Os próprios membros da banda falam mal desta época, com as brigas com o Grapow, clima da banda e até com a gravadora. A verdade é que é um album extremamente Dark pra uma banda que sempre foi “Happy Happy”. Mas é um puta album, eu diria que é um dos meus favoritos do Helloween. Grandes músicas, bastante peso e letras fantásticas. Recomendo a todos.
    Acho que escrevi demais, mas é que é difícil encontrar alguém pra trocar uma idéia tão especializada assim. Abraços e parabéns, vocês ganharam um ouvinte fiel!

  6. helisandro disse,

    Fala Sávio. Valeu pelo comentário cara, é muito legar ter feedback, que bom que você curtiu :).

    Concordo com você com relação ao Reroute to Remain, apartir dele o In Flames começou a usar elementos eletrônicos, muitos gostaram e muitos odiaram, eu por exemplo gostei muito, pois foi o primeiro albúm deles que eu conheci e apartir dele virei fã da banda. Mas acho que o Soundtrack chegou a ser mais odiado que o próprio Reroute.

    Também gosto muito do Dark Ride, boa lembrança para um próximo episódio sobre injustiçados.

    Valeu pelo comentário cara.

    Abraço.

  7. Andre Eberti disse,

    Sávio

    Primeiramente gostaria de agradecê-lo pelo elogio… Ficamos bastante felizes com as palavras…É realmente um gás à todos nós que falamos deste gênero tão pouco difundido pela mídia…

    Qto as observações sobre o IN FLAMES, o Helisandro, o Everson e o Wagner podem falar muito melhor do que eu, pois como disse no podcast, estou conhecendo a banda agora…e confesso que minha impressão sobre a o IN FLAMES veem mudando… É uma banda extremamente criativa…

    E continue na audiência…em breve, novidades…

    abraços…

Adicione um cometário